SuplementoQuem não deseja ter um corpo perfeito? Os magros querem criar uma carne e os obesos querem perder aqueles quilos extras com a ajuda de uma fórmula mágica, ou seja, um suplemento que aquele cara descolado lá da academia vai te vender com um bom desconto. Quando voltei a fazer academia, anos depois de ter parado de nadar como atleta, uma pessoa me ofereceu um suplemento “muito bom”, já que eu estava muito magro.

Eu sempre fui magro, nadava todos os dias e meu treino durava de 3 a 5 horas por dia, mas mesmo me alimentando muito bem, nunca ganhei muito músculo. Fui pesquisar esse tal suplemento e descobri que é proibido no brasil.

Não sou contra o uso de suplementação se feita da forma correta e com indicação de um profissional especializado. Nas faculdades de medicina as matérias de nutrição não são suficientes para ensinar tudo, então um médico com especialização em nutrição ou nutricionista é o mais indicado. Durante um tratamento bem sucedido contra câncer, fiz uso de um suplemento específico receitado pelos médicos que me atenderam, perdi 14 quilos então, precisava me alimentar bem para me recuperar.

Perguntei ao médico se não poderia tomar algum suplemento mais forte, ele disse que não. Além desse suplemento que era um “Alimento completo”, eu deveria comer bem, coisas como: Carne vermelha, peixes, fígado, ovos cozidos, água de coco, salada, frutas, verdura e legumes e sucos, tudo natural e feito na hora. Quando disse que tinha comido um pão, o médico me disse que pão não tem nada, era melhor comer inhame. Seguindo essa “dieta”, após o fim do tratamento, recuperei meu peso em 6 meses.

O fato é que com uma alimentação saudável, sem suplementos de “academia”, consegui voltar a minha forma física. No meu caso, eu realmente não posso tomar esses suplementos por que eles “forçam” muito o fígado, o pâncreas e os rins, o que no meu caso não é bom, devo cuidar muito bem desses órgãos. Os suplementos basicamente brincam com seus hormônios, o que pode trazer prejuízos a longo prazo.

O fato é que esses suplementos de forma simplista funcionam justamente por “forçar” o funcionamento de um ou mais órgãos, seja para fazer o pâncreas excretar mais insulina para que esse hormônio funcione como um anabólico natural ou pela carga excessiva de aminoácidos e proteínas que o seu figado deve processar. O excedente, que é quase tudo, vai ser processado nos rins, gerando mais sobre carga. Por isso é importante o acompanhamento para verificar se seus exames de sangue vão apresentar taxas alteradas ou normais.

A recomendação é sempre procurar um profissional nutricionista sério, além de não seguir os conselhos de “amigos” ou de informações de origem duvidosa. Hoje faço suplementação apenas de vitamina C e zinco, uma grama por dia, que é bom para todo mundo e você dificilmente pegará uma gripe. A minha última dica é a que ouvi do meu médico: – Coma comida boa.

Nos próximos artigos, vou falar de cada tipo de suplemento e os reais benefícios e cuidados que você deve ter.

Por João Guilherme Barros.